Feliz Aniversário Brooke Shilds

Um brinde à musa de ''A Lagoa Azul'' que completa hoje (31/05), 53 primaveras!



Quase trinta anos depois de protagonizar a bela e inocente Emmeline, Brooke Shilds ainda é lembrada pelo filme que marcou os 80.
Mas, a bela Brooke, não é uma garota de um filme só. Ela participou de cerca de 50 produções para o cinema e televisão incluindo documentários. A carreira no cinema teve início em 1976 com o filme Alice Sweet Alice, mas, foi com Pretty Baby de 1978 que a jovem atriz com apenas 11 anos conquistou maior atenção dos produtores. 
Em Pretty Baby, Brooke interpretou a filha de uma prostituta que após fuga da mãe foi forçada pela cafetina do bordel a se  prostituir. O filme contém várias cenas de nudez o que levou a questionamentos sobre pornografia infantil.

Em ''Pretty Baby''
Após duas décadas de filmes, os mais conhecidos estrelados por Brooke continuam sendo ''The Blue Lagoon'' (A Lagoa Azul) de 1980 – que incluía mais cenas de nudez, mas Shields esclareceu em um processo judicial que uma dublê de corpo mais velha foi usada em algumas delas – e Endless Love (Amor Sem Fim) de 1981, ambos filmados no início de sua carreira.



Outra grande polêmica envolvendo a pequena Brooke, aconteceu quando ela ainda tinha apenas 10 anos de idade. Queridinha pelos fotógrafos de moda de NY,  Brooke teve uma série de fotos feitas pelo controverso fotógrafo Garry Gross, para a Play Boy Sugar 'n' Spyce. As fotos de nudez mostram a pequena modelo sentada em uma banheira usando maquiagem e cabelos cobertos de óleo, e duas das imagens eram totalmente frontais. A sessão fotográfica teve consentimento da mãe de Brooke, Teri Shilds.

Em 1981, Brooke Shilds entrou com um processo na justiça contra Garry Gross para impedir que as fotografias fossem usadas posteriormente, mas a Corte dos EUA determinou que as imagens da criança estavam vinculadas aos termos de uso válidos e irrestritos por consentimento da guardiã legal e não violavam as leis sobre pornografia infantil vigentes.
Na decisão, o juiz declarou: "A questão deste apelo é se um modelo infantil pode desfazer um consentimento irrestrito anterior executado em seu nome por seus pais e manter uma ação de acordo com a seção 51 da Lei dos Direitos Civis contra seu fotógrafo para republicação de suas fotos. Nós acreditamos que ela não pode."
Uma dessas fotos foi vendida na Christie's por cerca de 1 milhão de dólares.

"Pretty Baby"

Como se não bastasse toda a exploração em torna das fotografias, uma delas foi produzida por um artista americano chamado Richard Prince, conhecido por sua ''fotografia de reprodução''. Prince chamou sua versão de "Spiritual America" - "America Espiritual", título inspirado na fotografia de Alfred Stieglitz, de 1923, que retrata os genitais de um burro de carga.
Em 2009, "Spiritual America", foi removido do Tate Modern - galeria de arte moderna em Londres. A exposição chamada Pop Life: Art em um Mundo Material; foi rejeitada depois que os manifestantes descreveram a imagem como "obscena" e um "ímã para pedófilos",  embora exibido no Museu Guggenheim de Nova York em 2007 sem nenhuma registro de manifestações. 
Gross afirmou que "A foto tem sido infame desde o dia em que eu a tirei e pretendia que fosse" e que ele estava "desapontado, mas não surpreso" pela decisão do Tate de remover a fotografia.


Brooke também apareceu em comerciais provocativos e controversos das calças jeans da Calvin Klein em 1980, quando ela tinha quinze anos. As propagandas incluam a famosa frase "nada fica entre mim e minha Calvin".
Em 1984 Shields foi a acompanhante de Michael Jackson na premiação do Grammy daquele ano e namorou com ele por um breve período.
Foi indicada 6 vezes ao prêmio Framboesa de Ouro como pior atriz, entre as indicações está sua atuação por ''Lagoa Azul''. 
Venceu o People's Choice Awards (Escolha da Audiência) da NBC na categoria "Jovem Talento" por quatro anos consecutivos, de 1981 a 1984, e mais de 10 anos depois venceu novamente, desta vez na categoria "Talento Feminino", em 1997.
Dizem que as pernas de Brooke estão no seguro, pela Lloyd's of London.


A atriz publicou um livro, ''Down Came the Rain'' que relata e discute a experiência pela qual passou na depressão pós-parto.
Em 2005, Brooke Shields deu revistas e apareceu no programa de televisão The Oprah Winfrey Show onde falou abertamente sobre  sua batalha contra a depressão pós-parto, uma experiência que inclui depressão, pensamentos suicidas, distúrbios de pensamento e incapacidade de responder às necessidades do bebê. O mal teria se iniciado por um conjunto de fatores: a morte de seu pai três semanas antes, o estresse da fertilização in vitro, alguns fracassos e um histórico familiar de depressão, assim como a alteração hormonal e a mudança de vida por causa da gravidez.

<p>Atriz conta que relacionamento muito próximo com a mãe influenciou sua vida sexual</p>

Também em 2005, Booke Shilds e Tom Cruise, tiveram um atrito quando o ator criticou-a pelo uso e apologia do remédio antidepressivo Paxil. Cruise declarou: "Ela é uma mulher,  e eu tenho cuidado com Brooke Shields porque eu a acho incrivelmente talentosa. Você olha para ela e pensa para onde sua carreira está indo". 
Brooke respondeu às críticas de Cruise como "irresponsáveis" e "perigosas". Disse que ele deveria "continuar combatendo os aliens" (referência ao papel de Cruise no filme Guerra dos Mundos e provavelmente uma crítica à doutrina da Cientologia seuida pelo ator), e "deixar as mães decidirem a melhor maneira de cuidar de seus problemas". Respondeu a um posterior ataque de Cruise num artigo publicado no jornal The New York Times em 1 de julho de 2005.

A imagem pode conter: 1 pessoa
Facebook  17/06/2016
Em 2014, em seu novo livro de memórias, ''There Was a Little Girl - The Real Story of my Mother and Me'', Brooke conta detalhes do relacionamento com sua mãe e a longa batalha que Teri Shilds travou com o alcoolismo e os trabalhos que fez forçada para agrada-la. Teri morreu em 2012 Brooke  com demência.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo
Brooke com o marido Chris Henchy, e asfilhas, Rowan e Grier.

Em março deste ano, a atriz impressionou a todos ao aparecer em ótima forma posando  de biquíni em foto publicada em seu Instagram.
“Vida no paraíso”, escreveu a atriz como legenda em uma das fotos, sem revelar onde está. “Outra lagoa azul”, brincou Shields em outra foto, fazendo alusão ao clássico dos anos 80. Na última das fotos postadas, ela aparece com seu marido, o roteirista Chris Henchy, com quem é casada desde 2001.






Soul Retro

Muito obrigada por sua visita, espero que tenha gostado do viu por aqui e espero ter a honra de seu retorno. Sua opinião é muito importante, conto com seu comentário. Beijinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário